[FECHAR]

Entrevista: Lucy Vargas

Lucy Vargas é uma jornalista e escritora carioca. Sua paixão pela escrita começou aos 10 anos quando permitiram que assistisse uma novela. Insatisfeita, ela resolveu reescrever o que viu.
Desde então nunca mais parou e escreveu todo tipo de história que lhe agradasse. Os romances entraram em sua vida aos 13 anos e é até hoje seu gênero preferido.
Lady GraciosaQuem é Lucy Vargas?
Lucy VargasUma escritora e jornalista cheia de sonhos e loucuras na mente.

LG: Como a escritora surgiu?
LV: Assim que percebi que escrever e criar histórias era o que eu mais gostava de fazer e pelo que mais ansiava e era o que me fazia feliz. Então simplesmente continuei escrevendo, pra mim, para amigas e agora para todo mundo que quiser ler.

LG: Faz muito tempo que escreve?
LV: Crio histórias desde a infância, em cadernos. Na adolescência comecei a levar mais a sério, mas precisei chegar a vida adulta para ter coragem de largar parte da minha vida e me dedicar a escrita.

LG: Como seleciona os temas para suas histórias?
LV: Atualmente, estou escrevendo o que vem na minha mente. Eu monto os projetos dos livros e escolho escrever o que estou com mais vontade no momento ou a continuação de uma série que sei que preciso terminar.



LG: Qual o tema que você ainda não trabalhou, mas pretende no futuro?
LV: Quero muito escrever um Young Adult, até tenho o projeto, só falta o tempo.

LG: Você se inspira em alguma autora?
LV: Eu gosto de ver a trajetória de algumas autoras e acompanhar o que estão fazendo, escrevendo e planejando. Além daquelas que admiro há anos e já são as preferidas, atualmente gosto muito de ver o que algumas autoras mais recentes que são ou foram independentes estão fazendo. Entre elas: Whitney Gracia, Roxy Sloane, Abbi Glines, Sawyer Bennet, Clara de Assis, Patricia Briggs, Gisele Souza e muitas outras.

LG: Em que momentos você escreve? Como as histórias surgem para você?
LV: Eu gosto mais de escrever de noite e de madrugada, sou bem notívaga, fico mais criativa nesse horário. Acho que quase tudo pode desencadear uma história na minha mente, já criei um livro inteiro em torno de fotos de uma casa que me apaixonei, são coisas simples assim.

LG: Já lhe faltou inspiração para terminar um livro? Geralmente, quando chego ao final já consegui me resolver. Tenho mais problema com trava no meio do livro, então eu o deixo descansar um pouco, vou escrever outra coisa e aí volto para ele com a mente fresca.

 

LG: A série Warrington e O Refúgio do Marquês, são romances históricos. É o seu gênero favorito?
LV: Sim, eu sou completamente apaixonada por romances de época. É também o que escrevo com mais facilidade. Então, quando quero me aventurar em outras áreas do romance, tenho que largar um pouco os romances de época e focar em outros, como os contemporâneos.

LG: Você considera os Ward uma série erótica?
LV: Na verdade, eu não escrevi para ser erótico. Assim como o plano original não era uma trilogia, mas a história foi se desenvolvendo e tomando seu próprio rumo. E acabou mais hot do que eu esperava. Então sim, pelo conteúdo bem adulto que tem nos livros, pode ser considerada erótica.


LG: Várias autoras nacionais estão despontando e fazendo sucesso. O que você acha disso?
LV: Acho o máximo! Já era hora dos talentos nacionais serem reconhecidos.

LG: Quais as autoras que você mais gosta de ler?
LV: Gosto de tantos! No caso de autoras, adoro: Tess Gerritsen, J.R. Ward, Julia Quinn, Anne Rice, J.K. Rowling, Hannah Howell, Agatha Christie, Judith McNaught, Georgette Heyer, Catherine Archer, Lisa Kleypas, Patricia Grasso, Deborah Hale, Julie Garwood, Elizabeth Thornton, Lisa Gardner, entre outras.

LG: Qual a sua profissão? Como você concilia sua vida com a vida de escritora?
LV: Sou jornalista e para conseguir escrever mais, eu mudei de emprego, deixei de me comprometer com várias coisas ligadas a trabalho e passei a reservar um tempo regular da minha vida para a escrita. É como ter dois empregos, jornalista e escritora.

LG: Quais os seus projetos futuros?
LV: Eu quero lançar mais romances de época, então no começo desse ano me dediquei mais a eles. Estou trabalhando em romances contemporâneos, entre eles a continuação da série Ward com outros membros da família e algumas outras ideias.

LG: Obrigada Lucy por ter concedido esta entrevista!
LV: Obrigada, Flávia!

Quer saber mais sobre a Cátia? 
Visite o página: http://www.lucyvargas.net




Deus?
Protetor.

Filhos?
Sem planos.

Amor?
Sempre.

Saudade?
Minha tia.

Uma lembrança?
Minha primeira viagem.

Um sonho?
Ter muuuuitos leitores.

Uma viagem?
Minha primeira vez em NY.

Uma cor?
Vermelho

Um livro?
Vestígios do Passado – Wendy Burge

Um filme?
Star Wars – O Retorno de Jedi

Uma comida?
Canelone de Ricota ao Molho Branco

Uma bebida?
Chá gelado

Time do coração?
Flamengo

Uma frase?
"Go Hard or Go Home."




Livros escritos: 
Em torno de 15.
Livros publicados:
Segunda Chance Para Amar
Cartas do Passado
As Cartas da Condessa
Quando Eu Olhar Pra Você
Quando Eu Te Encontrar
Quando Eu Te Beijar
O Refúgio do Marquês

Site:
www.lucyvargas.net




Um comentário:

  1. A Lucy é uma graça, ela é parceira lá no blog, adoro os livros dela já li quase todos só falta terminar os Ward. Gostei muito da entrevista e saber um pouco mais sobre ela, e suas inspirações.
    Beijos!!!!

    http://follow-and-breath.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Ganhe Marcadores!



Lone Wolf

Que tal receber marcadores em sua casa?
Faça uma resenha para qualquer um dos meus livros
(no Skoob, instagram, Amazon ou no seu blog).
E mande o link com o seu endereço para o meu e-mail!
escritoraflaviacunha@hotmail.com

INTAGRAM FEED

@escritoraflaviacunha