outubro 21, 2014

Os 10 livros mais marcantes!


Sabe aquela brincadeira do Facebook que bombou mês passado? Aquela para listar os 10 livros que te marcaram, mas, sem pensar muito ou sem se preocupar se eram os mais famosos ou importantes? Pois bem! Com o sucesso da brincadeira e a adesão de muitos usuários, o próprio Facebook decidiu realizar um levantamento, com base nas menções, e elaborou uma lista geral dos títulos mais lembrados. Durante a pesquisa, foram analisadas mais de 20 mil mensagens de usuários com idade média de 28 anos, em sua maioria (72%) mulheres. Os dez livros mais marcantes para os brasileiros, segundo o Facebook, você confere agora!

Em 1º lugar, a série Harry Potter da J. K. Rowling.

Harry Potter é uma série literária de aventuras fantásticas escrita pela britânica J. K. Rowling. É constituída por sete livros e, desde o lançamento do primeiro volume, Harry Potter e a Pedra Filosofal, em 1997, ganhou grande popularidade e sucesso comercial no mundo todo e deu origem a filmes, videojogos, entre outros itens.2 Mundialmente, a série Harry Potter vendeu cerca de 600 milhões de exemplares, até dezembro de 2011, em mais de 67 idiomas.3 4 O livro da série que mais vendeu foi Harry Potter e a Pedra Filosofal com cerca de 120 milhões de cópias comercializadas.5 Graças ao grande sucesso dos livros, Rowling tornou-se a mulher mais rica na história da literatura.

2. A Culpa é das Estrelas - John Green

A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

John Green é um dos escritores norte-americanos mais queridos pelo público jovem e igualmente festejado pela crítica. Com mais de um milhão de seguidores no twitter, é autor best-seller do The New York Times, premiado com a Printz Medal e o Printz Honor da American Library Association e com o Edgar Award, e foi duas vezes finalista do prêmio literário do LA Times.

3. O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exupéry

À primeira vista, um livro para crianças. Na definição de Antoine Saint-Exupéry, seu autor, "um livro urgentíssimo para adultos", o que talvez explique a extraordinária sobrevivência literária de O Pequeno Príncipe. Publicado pela primeira vez em 1943 na Nova York em que foi escrito e, no ano seguinte, na França, o livro chegou à Agir com o componente de acaso que, em geral, cerca a edição de fenômenos editoriais, já que a obra havia sido comprada por outra tradicional editora brasileira, que desistiu da publicação. Traduzida primorosamente por D. Marcos Barbosa, a versão brasileira chegou à livrarias em 1952, tendo vendido desde então mais de 4 milhões de exemplares.

Le Petit Prince, The Little Prince, El Principito, Der Kleine Prinz - em qualquer uma das mais de 150 línguas em que é publicado, causa encanto a história do piloto cujo avião cai no deserto do Saara, onde ele encontra um príncipe, "um pedacinho de gente inteiramente extraordinário" que o leva a uma jornada filosófica e poética através de planetas que encerram a solidão humana em personagens.

4. A menina que roubava livros - Markus Zusak

A trajetória de Liesel Meminger é contada por uma narradora mórbida, surpreendentemente simpática. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. Traços de uma sobrevivente: a mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler.

Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade.

5. A Cabana - William P. Young

A filha mais nova de Mackenzie Allen Philip foi raptada durante as férias em família e há evidências de que ela foi brutalmente assassinada e abandonada numa cabana. Quatro anos mais tarde, Mack recebe uma nota suspeita, aparentemente vinda de Deus, convidando-o para voltar àquela cabana para passar o fim de semana. Ignorando alertas de que poderia ser uma cilada, ele segue numa tarde de inverno e volta a cenário de seu pior pesadelo. O que encontra lá muda sua vida para sempre.

Num mundo em que religião parece tornar-se irrelevante, "A Cabana" invoca a pergunta: "Se Deus é tão poderoso e tão cheio de amor, por que não faz nada para amenizar a dor e o sofrimento do mundo?" As respostas encontradas por Mack surpreenderão você e, provavelmente, o transformarão tanto quanto ele.

6. Caçador de Pipas - Khaled Hosseini

O caçador de pipas é considerado um dos maiores sucessos da literatura mundial dos últimos tempos. Este romance conta a história da amizade de Amir e Hassan, dois meninos quase da mesma idade, que vivem vidas muito diferentes no Afeganistão da década de 1970. Amir é rico e bem-nascido, um pouco covarde, e sempre em busca da aprovação de seu próprio pai. Hassan, que não sabe ler nem escrever, é conhecido por coragem e bondade. Os dois, no entanto, são loucos por histórias antigas de grandes guerreiros, filmes de caubói americanos e pipas.

E é justamente durante um campeonato de pipas, no inverno de 1975, que Hassan dá a Amir a chance de ser um grande homem, mas ele não enxerga sua redenção. Após desperdiçar a última chance, Amir vai para os Estados Unidos, fugindo da invasão soviética ao Afeganistão, mas vinte anos depois Hassan e a pipa azul o fazem voltar à sua terra natal para acertar contas com o passado.

7. Jogos Vorazes - Suzanne Collins

'JOGOS VORAZES Numa nação chamada Panem, jovens de 12 a 18 anos são selecionados para lutar até a morte nos chamados Jogos vorazes. Katniss Everdeen se oferece para lutar no lugar da irmã, escolhida para o programa. Vinda do empobrecido Distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Até onde ela estará disposta a ir para ser vitoriosa?

EM CHAMAS Depois de ganhar a brutal competição conhecida como Jogos vorazes, Katniss retorna ao seu distrito, torcendo por um futuro pacífico. Mas rumores sobre uma rebelião contra a Capital a colocam no centro de um novo conflito.

A ESPERANÇA Depois de sobreviver aos jogos por duas vezes, Katniss tentará se encontrar no papel de símbolo de uma revolução, enquanto luta para proteger sua mãe e sua irmã no meio de uma guerra.

8. A Seleção - Kiera Cass

A Seleção (The Selection, originalmente) é uma série literária escrita pela autora norte-americana Kiera Cass. Seu primeiro livro, foi lançado em 24 de abril de 2012 nos Estados Unidos. O segundo, A Elite foi lançado em 23 de abril de 2013, enquanto o terceiro, A Escolha, foi lançado dia 6 de maio de 2014 nos Estados Unidos e no Brasil. Recentemente a autora anunciou que a série terá mais dois livros, O Herdeiro, previsto para 5 de maio de 2015 e o último, cujo título não foi divulgado, previsto para 2016.

 A história se passa num futuro alternativo, em um país chamado Illéa: uma monarquia em que a sociedade é divida em castas. Os eventos ocorridos são narrados por sua protagonista, America Singer, uma jovem pertencente à casta Cinco que acaba entrando para a Seleção, onde deverá competir com outras 34 garotas pela mão do Príncipe Maxon, assim como o título de princesa e futura rainha de Illéa.

9. Coração de Tinta - Cornelia Funke

Cornelia Funke nasceu em 1958, em Dorsten, na Alemanha. Escritora e ilustradora de livros infantis e juvenis, recebeu diversos prêmios literários. Com mais de quarenta títulos publicados, é autora, entre outros, do aclamado O senhor dos ladrões, publicado em 2004 pela Cia. das Letras e best-seller na lista do New York Times.

Entre os seus maiores sucessos, está também a trilogia Mundo de Tinta, cujo primeiro volume, Coração de tinta, adaptado para o cinema, tornou-se um best-seller mundial, com mais de 4 milhões de exemplares vendidos.

 Este kit imperdível traz 3 clássicos. São eles: - Coração de Tinta - Sangue de Tinta -Morte de Tinta

O último livro dispensa apresentações: A Bíblia


Concorda com a lista?
Algum desses livros fazia parte da sua lista?
Comente!

0 comentários:

Postar um comentário