[FECHAR]

Entrevista: Taty Rodrigues



Taty Rodrigues Nunes é uma jovem escritora nascida em São Paulo que escreve lindas histórias de amor. Depois do sucesso de "Mais que Ontem, Menos que Amanhã" ela está dividindo conosco a história "Alguém para Amar" na cominidade Estante de livros. Vamos conhecer a Taty?




Lady Graciosa: Quem é Taty Rodrigues?
Taty Rodrigues: Falar de si mesmo é muito complicado, mas lá vai. Amiga, acima de tudo. Sonhadora em muitos momentos. Lutadora em todos os momentos. Uma garota que está começando a vida agora, e que infelizmente já se arrepende de muitas coisas, mas que acredita e sonha com muitas outras. Uma eterna apaixonada, pela vida, pela familia e pelos amigos. Amante do cinema e da literatura. Apaixonada ao extremo por música, de vários estilos e épocas, se pudesse passaria 24 horas do dia ouvindo vários repertórios, que se você ouvisse, viraria para mim e perguntaria: "De qual planeta você veio?" hahaha Tranquila na maioria dos momentos e elétrica em muitos outros, uma pessoa que ainda está na busca pelo seu lugar no mundo.

LG: Quando começou a escrever?
TR: Eu escrevo desde sempre (acho)! Sempre fui muito dramática, como dizem meus amigos, então quando havia aquela briguinha eu escrevia cartas emocionadas, dizendo o quanto foi boa amizade e blábláblá. Olhando para trás percebo que era muito engraçado e exagerado, mas criativo ao mesmo tempo. Agora, escrever mesmo de verdade, comecei aos 14 anos. Foi um texto intitulado de "Never Been Kissed", estava sofrendo com o inicio da adolescência e por nunca ter sido uma garota linda e popular. Ficava em volta de garotas que eram lindas e inteligentes e acabava me sentindo cada vez mais inferior, e nesse meio do drama juvenil acabei escrevendo esse texto que ficou maravilhoso. Infelizmente o perdi e sei que nunca irei conseguir escrever nada como aquilo, já que o momento passou.
As histórias mesmo comecei em 2007, uma história que até hoje não terminei e já está com mais de 400 páginas, mas não se finaliza. 



LG: Como seleciona os temas para suas histórias?
TR: Na verdade, sinto que os temas me escolhem! rsrsrsr
Gosto de temas que mexam com o sentimental da pessoa, seja um drama de família ou fato de estar fechado para viver a vida e nem perceber. Que se passe em lugares dos meus sonhos e que abusem dos velhos mais amados clichês literários e hollywoodianos.

LG: Qual o tema que você ainda não trabalhou, mas pretende no futuro?
TR: São Paulo na década de 1920. Já tenho um enredo bolado na minha cabeça, estudei muito sobre São Paulo no século XIX e XX nesse semestre na faculdade, e quando dei por mim já tinha algo estruturado para criar um romance de época.

LG: Você se inspira em alguma autora?
TR: Me inspiro em várias autoras! Todas as meninas da Oficina Romântica e da Estante de livros, com certeza estão no topo da lista. Admiro muito o esforço que elas fazem para estarem sempre escrevendo e mostrando os maravilhosos trabalhos. Em meio á trabalho, filhos, estudo, marido, casa, enfim a correria do dia a dia, sempre acham um tempinho para se dedicar a escrita e a publicação dessas histórias.
Rachel Gibson, autora de livros como "Sem Clima para o Amor" e "Sempre a seu lado", adoro o tipo de narrativa e história que ela escreve.

LG: Em que momentos você escreve? Como as histórias surgem para você?
TR: No escritório!!! (que meu chefe não me ouça! hahahah) Eu escrevo grande parte das histórias no escritório, é silencioso e ainda consigo colocar uma música de fundo. Mas sábado á noite, no escuro do meu quarto, com todos na casa dormindo, ouvindo algo bem suave e apenas eu e o notebook, os dedos teclam com uma facilidade que me assusta ás vezes, é meu lugar favorito e onde escrevo as melhores cenas.
A maioria dos histórias aparecessem quando estou ouvindo uma música. É realmente estranho, até para mim. Mas por exemplo, a história que está sendo postada agora na Estante dos Livros - "Alguém para Amar" - começou por conta da música You're nobody till somebody loves you. Ouvi no último cd do cantor Michael Bublé ( grande inspirador com sua doce voz, inclusive). Imaginei alguém sem amor, sempre focado em fazer o bem para as pessoas, mas que deixava o amor para depois e não se sentia alguém de verdade. Depois a cena da dança no escritório surgiu e quando dei por mim, já tinha um enredo e os meus personagens.

LG: Já lhe faltou inspiração para terminar um livro?
TR: Com toda certeza. Ainda tem o livro de 400 páginas para terminar e que se eu revisá-lo vai pular para 10 páginas! hahaha Mas eu sofro desse mal semanalmente. E várias histórias já começaram a serem escritas e foram paradas.

LG: Qual o primeiro romance que você postou? Como foi?
TR: O primeiro romance que eu postei foi uma FIC com o ator Gerard Butler, como personagem principal, na comunidade dedicada á ele. Chamava-se "Encontro em Nova York" e a Rosane - pessoa incrível!- me apoiou e me ajudou muito. Passei muito tempo mexendo na história antes de postar e quando finalmente o fiz não poderia ter imaginado um resultado melhor. Foi uma experiência fantástica, as meninas me ajudaram muito e eu senti o enorme prazer que é você compartilhar suas imaginações e até mesmo fantasias românticas com outras pessoas. Acabei me viciando!

LG: Quais as autoras que você mais gosta de ler?
TR: Adoro a Rachel Gibson, Susan Wiggs, Jodi Picoult, Judith McNaught, Nora Roberts - clássica - Cecelia Ahern... Agora amo, amo e amo, Miss Sunshine, Romântica, Lady Graciosa - sem ficarem pensando que é rasgação de seda! rsrsrs - Rosane Fantin e a Anitta Cardoso.

LG: A comunidade Adoro Romances lançou várias escritoras. A comunidade estante de Livros e algumas outras abrem espaço para postagem de romances, o que você acha disso?
TR: Maravilhoso. É através desses espaços que eu publico minhas histórias e é lá que pretendo continuar por muito tempo. Essas chances para as escritoras poderem mostrar seus belos trabalhos não tem preço. Além de estarmos divulgando um trabalho sério e que nos dedicamos de corpo e alma, há o contato com as leitoras, o que é fantástico. Você tem o respeito de escritora e leitora no mesmo nível, consegue conversar com sua escritora favorita ou com uma leitora que goste de suas histórias.
Já vi muitas pessoas acharem que esses espaços são tolices - nas palavras deles - mas não sabem a importância para nós, que os acessamos todos os dias, realmente tem.


LG: Qual a sua profissão? Como você concilia sua vida com a vida de escritora?
TR: Minha vida profissional é uma loucura. Este ano me graduo em História e faz dois anos que trabalho em uma agência de publicidade. hahaha nada de ligações entre o estudo e o trabalho. Não posso dizer que sou historiadora, até por que não trabalho e nem pretendo trabalhar na área, então se pode dizer que sou mesmo a assistente de mídia.
Ás vezes é muito difícil conciliar os dois, por que é impressionante que quando eu mais tenho vontade de escrever as idéias que tive menos tempo eu tenho.
Mas os finais de semana são os melhores momentos e o meio do mês na agência também! Consigo postar a história na comunidade sempre do escritório e tendo manter um ritmo, para não deixar as meninas esperando. Agora nas férias tenho tempo de sobra, mas quando estou trabalhando e estudando vira tudo uma loucura e os trabalhos da faculdade acabam tomando todo o tempo livre, mas mesmo entre um trabalho e outro eu acabo escrevendo algo. É algo que me diverte e tranquiliza.

LG: Você pretende publicar?
TR: No momento não.
Tenho muito que amadurecer ainda, preciso melhorar muitas coisas antes de chegar ao nível das escritoras que publicaram seus livros ou das que mesmo que não publicam já tem um histórico belíssimo de livros postados. Não é algo que eu descarto, mas faria apenas para ver a história no papel, com capa, bonitinho! rsrsrs E não por que preciso disso para me sentir realizada profissionalmente, seria uma realização pessoal.

LG: Quais os seus projetos futuros?
TR: Estou quase terminando a "Alguém para Amar" e pretendo começar outra história, não sei qual, por que já tenho vários enredos escritos, então preciso lê-los novamente e escolher um para desenvolver. Mas com toda certeza, irei revisar o "Mais que ontem, Menos que amanhã" e postá-lo na Estante dos Livros.

LG: Obrigada Taty, por ter participado dessa entrevista!
TR:  Nossa, me pegou de surpresa hein? Mas, fiquei super honrada!!!Adorei as perguntas! Obrigada!





Deus?

Filhos?
No momento é algo que não vejo no meu futuro.

Amor?
O sentimento mais lindo do ser humano. Para mim precisa estar em todos os atos e em todos os momentos.

Saudade?
Da minha infância

Uma lembrança?
Por mais triste que seja a ligação da minha mãe dizendo que meu pai estava no hospital. Mostrou-me como a vida te pega de surpresa, seja boa ou ruim.

Um sonho?
Amar e ser amada.

Uma viagem?
Nova York

Uma cor?
Lilás

Um livro?
O Céu está caindo - Sidney Sheldon

Um filme?
E o vento levou...

Uma comida?
Pizza

Uma bebida?
Vinho tinto suave

Time do coração?
Não tenho

Uma frase?
Sofremos muito com o pouco que nos falta e gozamos pouco do muito que temos - William Shakespeare.




Quer ler as histórias da Taty? 



Todos que comentarem a entrevista da Taty estarão concorrendo a marcadores fofínhos!


Quem ganhou os Marcadores foi a Fazinha! Parabéns! Ganhou mais um sorteio!
Coloquei de 1 a 6 9apesar de terem sete comentários) porque a Suellen comentou duas vezes, ok?

7 comentários:

  1. Ah, adorei a entrevista!!! Sou fã da Taty!!!! ^^
    Amei "Mais que ontem, menos que amanhã" e estou adorando acompanhar "Alguém para amar"!
    Adoro a maneira como você descreve as cenas e nos faz visualizar exatamente o que está acontecendo!
    E estarei esperando ansiosa as próximas! ^^

    Ah, tb adoro a Rachel Gibson, apesar de só ter lido essa série dela que só lançaram aqui o Sem Clima Para o Amor (Sebastian *______*) e Sempre ao Seu Lado.

    Beijoooos
    =*

    ResponderExcluir
  2. Nossa, já pensou um romance de época em São Paulo??? Fiquei curiosa agora..... e curiosa também sobre esse livro de 400 páginas, hehe.

    Nossa, e eu preciso dizer: não resisti e baixei a música "You're nobody till somebody loves you"..... nossa, que linda!!!! E um romance inspirado nessa música deve ser maravilhoso também!!!! Tentei acessar o link de "Alguém para Amar", mas deu erro.... como faço pra acessar essa história???

    Parabéns a Taty pe lo seu trabalho e espero que vc seja bem sucedida em tudo o que fizer!!!!

    ResponderExcluir
  3. Ah, consegui achar a história na comu "Estante de Livros - CRB*" iupiiii!!!! \o/

    ResponderExcluir
  4. Adorei a entrevista, Taty!!!!
    Continue sempre escrevendo, e você sabe que ainda nos encontraremos muitas vezes nesses caminhos literários. Sucesso!
    Beijos

    Anitta Cardoso

    Obs: Obrigada por citar meu nome nas escritoras que você mais gosta de ler! =)

    ResponderExcluir
  5. Fiquei muito feliz ao ler a entrevista da Taty. Ela é uma pessoa maravilhosa, com grande imaginação e talento. É um prazer e uma alegria poder fazer parte das amizades dela e assistir ao seu desabrochar como escritora. Desejo felicidades e sucesso para ela. Beijo, Taty!
    Parabéns!
    Rosane

    ResponderExcluir
  6. Muito legal a entrevista *-*
    Vou tentar acessar para ler!

    Vários talentos espalhados por esse Brasil hein?
    :)

    ResponderExcluir
  7. Ai!!!!!!!!!!! que alegria ver que somos capazes de produzir textos maravilhosos como o dela .Sua entrevista foi maravilhosa querida vou entrar no site para ler muito feliz mesmo beijinhos as duas queridas.

    ResponderExcluir

Ganhe Marcadores!



Lone Wolf

Que tal receber marcadores em sua casa?
Faça uma resenha para qualquer um dos meus livros
(no Skoob, instagram, Amazon ou no seu blog).
E mande o link com o seu endereço para o meu e-mail!
escritoraflaviacunha@hotmail.com

INTAGRAM FEED

@escritoraflaviacunha